Marlene

Os versos, as rimas, os sonhos nos dão tranquilidade e paz!

Meu Diário
24/12/2006 09h17
A Vida
A Vida

A vida é um presente, a misericórdia de Deus.

Ninguém tem o direito de dizer, escrever, apregoar, ou fantasiar contra essa vida.

Ninguém, aqui no planeta Terra, sabe quanto tempo alguém terá de vida ou sobrevida, (ou que nome tem) alguém que nasceu ou nascerá com problemas. Acredito que o aborto é CRIME.

A menina Marcela de Jesus, do interior pobre de São Paulo (e que gostaria muito de conhecer e à sua família) é exemplo de amor, paciência, tolerância, respeito à vida e amor à Deus.

Marcela nasceu deformada. Seus pais pobres. Provavelmente a mãe alimentou –se muito mal. Faltou ácido fólico que é adquirido com boa alimentação. Excedeu em líquido amniótico. Será que essa mãe não fez ultra som ? A mãe sabia que a criança nasceria com tal deformidade? Se sabia de tudo isto e mesmo assim levou sua gravidez a termo, merece toda nossa consideração e respeito. Rendo-lhe toda a minha admiração e homenagem . Filho é filho. Um pedaço da gente. Parte do nosso coração, de nossas veias, de nosso sistema nervoso... É nossa imagem...

Segundo o espiritismo essa criança e essa família estão resgatando um passado deficiente. Não sabemos o que aconteceu: todos têm a ver com esta situação. Crença religiosa.

Por outro lado, lembrando o que acontecia, ( também crença religiosa ) no início da civilização, criança que nascesse deformada, com problemas físicos ou mentais, era atiradas despenhadeiro abaixo, por serem consideradas endemoniadas, seria um problemas para todos. E todos se livravam do... diabo.

Hitler queria uma civilização de perfeitos, fazia “experiências científicas” para conseguir tal intento, matando milhares de seres, mulheres. Não queria que o estado tivesse problemas nem gastos.

Marcela está viva, há mais de um mês. Feia, mas viva. Com certeza para sua mãe um anjo de criança. Me faz lembra a fábula da águia e da coruja. Marcela dá lição de vida, de resistência a cada dia. Um espírito lutador, vencendo sua própria batalha: viver a qualquer custo dando lição de humildade. Dá lição aos médicos, mostrando-lhe a sua inferioridade diante da VIDA.

Aborto é CRIME! Seja as razões que tiver! Mesmo produto de aborto . Não se pode culpar a criança (o feto indefeso ) pela covardia de outro, pois o assassinato desse feto seria prêmio ao pai covarde e um descanso para a mãe. Covardia dobrada.

ABORTO É CRIME e deve continuar sendo, pois quem é a favor do aborto, não é somente em casos de risco de vida para a mãe. È a favor aquele que não queria a gravidez, que não se cuidou e depois desforra na criança sua raiva, matando-a.
Quem não quer engravidar é dono do SEU corpo. A medicina , e a tecnologia tem instrumento para evitar a gravidez. Mas uma vez ocorrida a concepção não é possível aceitar a retirada da criança.

Se esta Projeto de lei for aprovado ou se o plebiscito em 2007 aprovar o aborto, podemos espera um assassinato em massa de crianças inocentes, livrando a sociedade e o governo de problemas, com médico, hospitais, remédio, habitação, alimentação.

A anencefalia é produto da pobreza em vive tantas mulheres no mundo e no Brasil , mais especificamente. É problema político que tem de dar conta dessa pobreza, para não ocorrerem tantos casos de anencéfalos. É caso para os políticos resolverem; não é passando a peteca para o povo que vão se eximir da responsabilidade sobre a pobreza. A anencefalia é registrada em famílias de poucos ou pouquíssimos recursos econômicos.

Anencefalia é um alerta aos mundo político. Enquanto enchem suas burras ilegalmente mulheres dão à luz crianças resultantes da fome. É um alerta que só a cesta miséria não resolve a fome. Há que se ter emprego, trabalho bem remunerado que satisfaça as necessidades da população.

Marcela viva! É um recado aos nossos políticos sem noção de valores éticos e morais! Marcela viva é um tapa na cara dos abortistas de plantão!

ABORTA NUNCA!!! Se aprovarmos tal agressão, deveremos mais adiante liberar os assassinatos, os roubos os seqüestros pois são praticados ilegalmente e à luz do dia para todos assistirem.

Quem pratica o aborto, seja médico ou paciente, ilegalmente, é criminosos e, quem sabe e não denuncia, também é criminoso. Portanto o médico que alega a ilegalidade praticada é porque sabe e tem o dever legal e moral de denunciar.

VIVA MARCELA!! VIVA A VIDA!!!

Publicado por MVA em 24/12/2006 às 09h17
 
24/12/2006 05h49
Nunca sem esperança
Nunca percas a esperança.

Se o pranto te encharca a existência, recorre a Deus, no exercício do bem, e acharás Deus, nas entranhas da própria alma, a apropiciaar-t consolo.

Se sofres incompreensão, ajuda aind e sempre aos que te não entendem e encontrarás Deus, no imo do próprio espírito a fortalecer-te com obálsamo da piedade pelos que se desequilibram na sombra.

Se te monosprezam ou te injuriam, guarda-te em silêncio no auxílio ao próximo, esurpreenderás Deus, no íntimo de teus mais íntimos pensamentos, prestigiando-te as intenções.

Se te golpeiam ou censuram, cala-te, edificando a felicidade dos que te rodeiam, e Deus falará por ti, na voz inarticulda do tempo.

E, se erraste, não tombes em desespero, mas, trabalhando e servindo, receberás de Deus a oportunidade da retificação e da paz.

Sejam quais forem as aflições e problemas que te agitem a estrada, confia em Deus, amando e construindo, perdoando e amparando sempre, porque Deus, acima de todas as calamidades e de todas as lágrimas, te fará sobreviver, abençoando-te a vida e sustentando-te o coração.

Meimei - Psicografia de Francisco Cândido Xavier

Publicado por MVA em 24/12/2006 às 05h49
 
22/12/2006 22h23
Esperança
Esperança

Ficar, e poder continuar,
Para transformar, e mudar.
Transformar, de novo.
Criar, e recriar...
É assim que vai ser.
É assim que será para poder
Zelar, e também
Servir, e seguir, em frente, serenar.
Também é preciso objetivar e
Preparar no dia a dia
Tudo que puder
Para tudo melhorar.
Quero preferir atitudes,
Admitir os desencontros,
Reunir os elementos e
Construir, nova linha para enfim
Conferir tudo o que foi feito
Para com isso também elencar
tudo o que poder, se, precisar,
para selecionar novidades.
Ponderar, sobre a novidade levando a
Raciocinar, propondo dinamizar
Otimizando recursos
Para levar ao sucesso todos que crêem.
Só assim se fará concretizar os esforços,
Arrebatar consciências renitentes,
Elevar metas para acertar o alvo.
Atingir e conquistar adesões
para os projetos idealizados.
Administrar as conquistas
Mesmo as mais simples
Para garantir o espetáculo
De uma escola que possui professores
comprometidos e cumpridores dos deveres,
Que gestam sonhos e sonhadores de toda ordem.
Por isso eu digo: há esperança.



São Paulo,15 de junho de 2005.

Marlene Vieira Aragão

Publicado por MVA em 22/12/2006 às 22h23
 
22/12/2006 10h25
Lutador
Li uma frase de Drumond de Andrade que corresponde, no meu modo de pensar, à algo puramente verdadeiro.

"Só é lutador quem luta consigo mesmo."

Nossa primeira batalha, a mais cruenta é com nossos desejos e paixões. Uns são inofensivos para outras pessoas, outros são nocivos até para nós mesmos.

Desejos de vingança, de rancor, de preguiça, de desânimo... quem não os tem? É normal. Mas não são sentimentos que nos causam prazer e, muito menos felicidade.

Essa é a luta mais cruela que devemos travr. Conosco. Interna. Dominar vontades, sentimentos.

Pouquíssimos até hoje se saíram vitoriosos. Exemplos?
Jesus, Maria, Ghandi, Chico Xavier, Madre Tereza, Irmã Dulce e, outros que no momento não recordei os nomes.

Esses são os lutadores de verdade. Conseguiram dominar a si próprios em benefício da humanidade.

E nós somos lutadores?

Publicado por MVA em 22/12/2006 às 10h25
 
22/12/2006 10h04
Hino ao Sono
Quem poderia pensar em criar um Hino ao Sono?Houve quem teve essa brilhante idéia.
Foi ele, o brilhante Castro Alves. Seus versos são fantásticos.

Ó sono! Ó noivo pálido
Das noites perfumosas,
Que um chão de nebulosas
Trilhas pelas amplidão!
Em vez de verdes pâmpanos,
Na branca fronte enrolas
As lânguidas papoulas,
Que agita a viração

Nas horas solitárias
Em que vagueia a lua,
E lava a planta nua
Na onda azul do mar,
Com um dedo sobre os lábios
No vôo silencioso,
Vejo-te cauteloso
No espaço viajar!

Deus do infeliz, do mísero!
Consolação do aflito!
Descanso do precito,
Que sonha a vida em ti!
Quando a cidade tétrica
De angústia e dor não geme...
É tua mão que espreme
A dormideira ali.

Em tua branca túnica
Envolves meio mundo...
É teu seio fecundo
De sonhos e visões;
Dos templos aos prostíbulos,
Desde o tugúrio ao paço,
Tu lanças lá do espaço
Punhados de ilusões!...

Da vide o sumo rúbido,
Do hatchiz a essência,
O ópio, que a indolência
Derrama em nosso ser,
Não valem, gênio mágico,
Teu seio onde repousa
A placidez da lousa
E o gozo do viver...
Ó sono! Unge-me as pálpebras...
Entorna o esquecimento
Na luz do pensamento,
Que abrasa o crânio da Arcádia,
Que uma ave errante aninha...
Minh′alma é uma andorinha...
Abre-lhe o seio teu.

Tu, que fechaste as pétalas
Do lírio que pendia,
Chorando a luz do dia
E os raios do arrebol,
Também fecha-me as pálpebras...
Sem Ela o que é a vida?
Eu sou a flor pendida
Que espera a luz do sol.

O leite das eufórbias
Pra mim não é veneno...
Ouve-me, ó deus sereno!
Ó deus consolador!
Com teu divino bálsamo
Cala-me a ansiedade!
Mata-me esta saudade,
Apaga-me esta dor!

Mas quando, ao brilho rútilo
Do dia deslumbrante,
Vires a minha amantes,
Que volve pra mim.
Então ergue-me súbito...
É minha aurora linda...
Meu anjo... mais ainda...
É minha amante enfim!

Ó sono! Ó deus noctívago!
Doce influência amiga!
Gênio que a Grécia antiga
Chamava de Morfeu.
Ouve!... E se minhas súplicas
Em breve realizares...
Voto nos teus altares
Minha lira de Orfeu!

São Paulo, 12 de junho de 1868.

Publicado por MVA em 22/12/2006 às 10h04



Página 9 de 12 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]



Site do Escritor criado por Recanto das Letras