Marlene

Os versos, as rimas, os sonhos nos dão tranquilidade e paz!

Meu Diário
28/02/2008 11h20
PRECIOSIDADE



Eis que li uma das preciosidades da literatura portuguesa!...Florbela Espanca...

Amor é fumo que escapa fácil de nossas mãos feito fumaça ficando por algum tempo apenas, no ar! É nosso vício mais dileto. O nosso sofrer ...

 

 

 

FUMO

 

 

Longe te ti são ermos os caminhos,

Longe de ti não há luar nem rosas,

Longe de ti há noites silenciosas,

Há dias sem calor, beirais sem ninhos!

 

Meus olhos são dois velhos pobrezinhos

Perdidos pelas noites invernosas...

Abertos, sonham mãos cariciosas,

Tuas mãos doces, plenas de carinhos!

 

Os dia são Outonos: choram...choram...

Há crisântemos roxos que descoram...

Há murmúrios dolentes de segredos...

 

Invoco o nosso sonho! Estendo os braços!

E ele é, ó meu Amor, pelos espaços,

Fumo leve que foge entre os meus dedos!...

 

Florbela Espanca!

 


Publicado por MVA em 28/02/2008 às 11h20



Site do Escritor criado por Recanto das Letras